WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ultimas noticias
ultimas noticias

link conquista

:: ‘Entrevistas’

Policial Militar do Rio Grande do Sul lança livro sobre fiscalização de trânsito

“Livro traz o passo a passo de procedimentos dos policiais e agentes de trânsito” diz autor.

Fabio I

O escritor Fábio Mello, multiplicador da educação para o trânsito (Foto: Arquivo pessoal)

O trânsito é uma questão social da mais absoluta importância, que vem dia após dia, ganhando espaço nas discussões entre as pessoas. Estamos percebendo, que ao tratarmos deste tema, não devemos nos deter à opiniões amadoras e “rasas”. Observa-se em todo o país, o advento de produtores literários que se esforçam em contribuir sobriamente, para a construção de conceitos técnicos, nem por isso inacessíveis, para a promoção da cultura de segurança no trânsito.

Entre eles, destaca-se o escritor Fábio Mello. Em 2004 ele ingressou na Academia de Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Sul. Palestrante, instrutor, vistoriador, ministrante nos cursos de formação da PM do seu Estado, multiplicador de educação para o trânsito. “Um cuidado a mais no trânsito, com certeza é um acidente a menos” aconselha Mello, neste bate-papo com o Blog Transitar:

Blog Transitar – Como é seu trabalho como multiplicador da educação para o trânsito?

:: LEIA MAIS »

Prevenção de assaltos no trânsito

Na Rádio Estadão de São Paulo, especialista concede entrevista sobre prevenção nas ruas. “Situações de assaltos e acidentes estão ligadas”.

Salete Romero, especialista em psicologia e segurança no trânsito, fala da capacidade da mulher nas diversas situações do trânsito. “Hoje a mulher exerce vários postos. No trânsito não é diferente”, aponta, “o veículo faz parte desta dinâmica”.

Segundo a especialista, as mulheres são vítimas preferenciais em assaltos, no entanto, ela também oferece resistência “no sentido de gritar ou chamar a atenção”. Romero indica a vulnerabilidade das condutoras associada à exposição de objetos como bolsas, por exemplo. “A bolsa no banco chama atenção, fazendo a condutora ser vítima em potencial”. Recursos como a película, são questionados pela psicóloga.

Confira a entrevista com ótimas informações para sua segurança no trânsito.

Quebra-molas: necessidade ou exagero?

Tantas lombadas em Conquista lançam uma desconfiança sobre nossa educação para a segurança no trânsito.

Fotos: Douglas Couto
Ilustração/Blog Transitar

Ilustração: WA Designer

Os quebra-molas, foram eleitos pelos conquistenses como inimigo público número 1 da cidade. São dezenas espalhados por toda a capital do sudoeste e, segundo funcionários da Secretaria de Mobilidade Urbana, há pelo menos duzentas solicitações de novas lombadas. Curioso com tanta aversão de boa parte da população para os pobres obstáculos, o Blog conversou com o psicopedagogo César Roberto Dias Damasceno. Atuante no setor de educação, César Roberto é instrutor em auto escolas e agente de trânsito, um entusiasta estudioso da área. “O desejo de não haver o quebra-molas está relacionado a dois fatores: a pressa das pessoas e o apego ao veículo” esclarece nesta entrevista exclusiva, apontando que “a lombada seria um recurso último, em se tratando de um povo educado”.

Blog Transitar – Pode-se dizer que um quebra-molas teria uma função?

:: LEIA MAIS »

Rodoviários e empresários superam crise. Todos nós ganhamos!

Plano de saúde, mesa permanente de negociações, manutenção de direitos coletivos passados, anistia para manifestantes. Empresas e sindicato encontram equilíbrio no diálogo.

Fim da crise: rodoviários e empresários fecham acordo "Fechamos aquilo que foi possível no momento" diz sindicalista

Fim da crise: rodoviários e empresários encontram entendimento “fechamos aquilo que foi possível no momento” diz sindicalista (Foto: Blog Transitar)

As negociações entre rodoviários e os empresários do transporte coletivo urbano de Vitória da Conquista, foram complicadas. E até tensas em certos momentos. Sem avanços no diálogo, o sindicato lançou mão de paralisações. Inicialmente, elas ocorriam isoladamente. Depois, passariam a ser diárias. Já ao final, duas manifestações no mesmo dia. As empresas acionaram a justiça, obrigando que metade dos ônibus circulassem naquelas ocasiões. Os trabalhadores utilizariam a “catraca livre”. Com as relações estremecidas, o Ministério Público entrou em cena como mediador. Nesta entrevista exclusiva ao Blog, o presidente do SINTRAVC Álvaro Souza, falou das dificuldades, comentou bastidores e ponderou os resultados da mobilização da categoria.

Blog Transitar – Qual sua avaliação da campanha salarial?

:: LEIA MAIS »

Empresas não respondem, sindicato reage: mais uma paralisação

Na terceira manifestação em menos de duas semanas, rodoviários paralisam em pleno sábado. 

Coletivos estacionados na Bartolomeu de Gusmão (Foto: Blog Transitar)

Coletivos estacionados na Bartolomeu de Gusmão (Foto: Blog Transitar)

Com os coletivos parados, a cidade viveu um sábado atípico. Motoristas e cobradores cruzaram os braços, em resposta à morosidade das operadoras do coletivo conquistense, em responder sua proposta salarial. Durante a semana, sindicalistas e empresários travaram combate na imprensa. Empresários cobravam aumento da tarifa por parte da prefeitura. já o Sindicato dos Rodoviários, manteve suas reivindicações, não aceitando o entrelace dos interesses da categoria, com o valor da passagem.  Para piorar, os funcionários de uma das operadoras recolheram os ônibus à garagem, não retornando pelo resto do dia ( a outra empresa retornou às 13h, conforme anunciado). O Blog Transitar falou com exclusividade com Toni Alcântara, advogado do SINTRAVC:

Blog Transitar: Três paralisações em menos de duas semanas. Sinal que as negociações não estão avançando? :: LEIA MAIS »

Rodoviários mobilizados!

Em assembleia, trabalhadores votam proposta das empresas do transporte coletivo de Vitória da Conquista.

Contraproposta: motoristas e cobradores(as) aguardam resposta de empresas (Foto: Blog Transitar)

Contraproposta: motoristas e cobradores(as) aguardam resposta das empresas (Foto: Blog Transitar)

Na tarde desta quinta, 22, o Sindicato dos Rodoviários reuniu em assembleia, dezenas de funcionários do transporte coletivo. As empresas, apresentaram proposta de 7% de aumento e tickt alimentação no valor de R$ 234. A assembleia recusou, contrapropondo às empresas 10% de aumento, ticket de R$ 260 mais plano de saúde e equiparação salarial com Feira de Santana, até 2016. O Blog falou com exclusividade com Álvaro Souza, presidente do SINTRAVC:

Blog Transitar: Como estão as negociações entre o sindicato e as empresas? :: LEIA MAIS »

Conquista: Rodoviários param com “100% de adesão” diz presidente

Motoristas e cobradores paralisam atividades por duas horas.

Rodo II

Conquista pode ter greve de rodoviários na próxima semana (Foto: Blog Transitar)

Álvaro Souza, presidente do Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista, discursa no final do ato de paralisação ocorrido no final da manha de hoje (quinta, 15): “Pedimos desculpas à população, pelos transtornos causados por nossa manifestação.” Nesta entrevista exclusiva ao Blog, ele explica os motivos que levaram os rodoviários a suspenderem por duas horas, sua prestação de serviço.

Blog Transitar – Qual a motivação desta paralisação?

:: LEIA MAIS »

“Carteira de habilitação não é um documento qualquer, exige que as pessoas estejam bem preparadas”, diz Capitão Lima

Capitão Humberto Lima descreve todo o processo de primeira habilitação.

Capitão Lima

Capitão Lima

Atuando na área a mais de 12 anos, Cap. Lima – como é conhecido na cidade– recebeu o Blog Transitar em sua autoescola, a Trânsito Rápido e, no seu já famoso tom professoral, descreve com detalhes como é o processo da primeira habilitação.

Blog Transitar – Inicialmente o candidato se submete a algumas avaliações…

Cap. Lima – O processo é simples, começando com as avaliações. O candidato faz a aquisição do laudo e os exames na clínica conveniada. Depois dos exames se procura a autoescola para ser preparado intelectualmente para uma prova teórica no DETRAN.

Blog Transitar – Matriculando-se na autoescola, o candidato vai às aulas teóricas.

Cap. Lima – A carga horária exigida é de 45 horas/aula, divididas em cinco matérias: Legislação de Trânsito, Direção Defensiva, Noções Primeiros Socorros, Mecânica Básica e Meio Ambiente e Cidadania. Essa preparação vai servir para a prova teórica, e principalmente para a vida prática no trânsito. Não é suficiente apenas saber usar os instrumentos do veículo, o condutor precisa saber das leis de trânsito, da questão ambiental e assim por diante. Terminadas as aulas o candidato faz na própria autoescola um simulado eletrônico, só indo para o DETRAN, aquele que tiver condições de passar.

:: LEIA MAIS »

manual fiscalizacao transito



ultimas noticias
setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
WebtivaHOSTING | webtiva.com . Webdesign da Bahia