WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ultimas noticias
ultimas noticias

link conquista

:: ‘Manutenção preventiva’

Festas juninas: Antes de viajar faça a manutenção preventiva no veículo

Confira dicas de revisão no carro e na moto antes de pegar a estrada.

Imagem Ilustrativa | Getninjas

Imagem Ilustrativa | Getninjas

As festas juninas estão chegando e milhares de pessoas planejam por o pé na estrada para aproveitarem o período de festas. Mas é bom ficar atento pois, a responsabilidade de quem vai viajar começa bem antes de colocar as malas no carro: É hora de fazer a revisão.

O Blog Transitar ouviu dois especialistas em mecânica de veículos que dão dicas importantes de manutenção preventiva, o que evita que o condutor fique “na mão” em plena estrada ou mesmo sofra um acidente.

O vistoriador técnico veicular Laudemir Ferreira, com 44 anos de experiência, elenca os itens nos carros que devem passar por uma boa vistoria antes de qualquer viagem: “Em primeiro lugar é preciso uma verificação no sistema de freios: pastilhas, lonas, freio de emergência e fluido” diz o técnico. Na parte elétrica, observa Ferreira, é necessário conferir faróis, luzes indicadoras de direção, luzes de freio, luzes de emergência e palhetas dos limpadores de para-brisa, “incluído a revisão da bateria”.

Os pneus são equipamentos fundamentais para segurança e devem ser utilizados somente em bom estado de conservação. “Eles [os pneus] inclusive o estape são utilizados com a calibragem recomendada pelo fabricante” orienta o técnico, “e para se prevenir dos contratempos nunca se deve viajar sem conferir os parafusos das rodas, chave, macaco e triângulo”.

A suspensão do veículo também necessita de atenção, segundo Laudemir as “buchas das estabilizadoras, amortecedores folgados ou vazando óleo podem desestabilizar o carro nas acelerações, frenagens e curvas”. O técnico também destaca outros itens que merecem atenção como o fluido do reservatório da direção, vazamentos nas mangueiras de radiador e extintor de incêndio, que apesar de não ser obrigatório, é um item de utilidade.

Se a viagem é de moto, as recomendações são parecidas com as dos carros. É o que diz o supervisor de manutenção, Isaías Leite, que recomenda aos motociclistas atenção às recomendações no manual do fabricante “pra saber da vida útil das peças, inclusive o kit de transmissão” orienta. “Pneus, óleo, filtro, luzes, freios” tudo precisa ser devidamente revisado antes pegar a estrada.

Carro e moto verificados, falta a lembrança das regras de circulação como atenção redobrada e velocidade compatível com a segurança.

Carnaval: Antes de viajar faça a manutenção preventiva no veículo

Confira dicas de revisão no carro e na moto antes de pegar a estrada.

Imagem Ilustrativa | Getninjas

Imagem Ilustrativa | Getninjas

Carnaval chegando e milhares de pessoas planejam por o pé na estrada para aproveitarem o período de festas. Mas é bom ficar atento pois, a responsabilidade de quem vai viajar começa bem antes de colocar as malas no carro: É hora de fazer a revisão.

O Blog Transitar ouviu dois especialistas em mecânica de veículos que dão dicas importantes de manutenção preventiva, o que evita que o condutor fique “na mão” em plena estrada ou mesmo sofra um acidente.

O vistoriador técnico veicular Laudemir Ferreira, com 44 anos de experiência, elenca os itens nos carros que devem passar por uma boa vistoria antes de qualquer viagem: “Em primeiro lugar é preciso uma verificação no sistema de freios: pastilhas, lonas, freio de emergência e fluido” diz o técnico. Na parte elétrica, observa Ferreira, é necessário conferir faróis, luzes indicadoras de direção, luzes de freio, luzes de emergência e palhetas dos limpadores de para-brisa, “incluído a revisão da bateria”.

Os pneus são equipamentos fundamentais para segurança e devem ser utilizados somente em bom estado de conservação. “Eles [os pneus] inclusive o estape são utilizados com a calibragem recomendada pelo fabricante” orienta o técnico, “e para se prevenir dos contratempos nunca se deve viajar sem conferir os parafusos das rodas, chave, macaco e triângulo”.

A suspensão do veículo também necessita de atenção, segundo Laudemir as “buchas das estabilizadoras, amortecedores folgados ou vazando óleo podem desestabilizar o carro nas acelerações, frenagens e curvas”. O técnico também destaca outros itens que merecem atenção como o fluido do reservatório da direção, vazamentos nas mangueiras de radiador e extintor de incêndio, que apesar de não ser obrigatório, é um item de utilidade.

Se a viagem é de moto, as recomendações são parecidas com as dos carros. É o que diz o supervisor de manutenção, Isaías Leite, que recomenda aos motociclistas atenção às recomendações no manual do fabricante “pra saber da vida útil das peças, inclusive o kit de transmissão” orienta. “Pneus, óleo, filtro, luzes, freios” tudo precisa ser devidamente revisado antes pegar a estrada.

Carro e moto verificados, falta a lembrança das regras de circulação como atenção redobrada e velocidade compatível com a segurança. Boa viagem!

Natal e Ano Novo: Antes de viajar faça a manutenção preventiva no veículo

Confira dicas de revisão no carro e na moto antes de pegar a estrada.

Imagem Ilustrativa | Getninjas

Imagem Ilustrativa | Getninjas

Natal e Ano novo chegando e milhares de pessoas planejam por o pé na estrada para aproveitarem o período de festas. Mas é bom ficar atento pois, a responsabilidade de quem vai viajar começa bem antes de colocar as malas no carro: É hora de fazer a revisão.

O Blog Transitar ouviu dois especialistas em mecânica de veículos que dão dicas importantes de manutenção preventiva, o que evita que o condutor fique “na mão” em plena estrada ou mesmo sofra um acidente.

O vistoriador técnico veicular Laudemir Ferreira, com 44 anos de experiência, elenca os itens nos carros que devem passar por uma boa vistoria antes de qualquer viagem: “Em primeiro lugar é preciso uma verificação no sistema de freios: pastilhas, lonas, freio de emergência e fluido” diz o técnico. Na parte elétrica, observa Ferreira, é necessário conferir faróis, luzes indicadoras de direção, luzes de freio, luzes de emergência e palhetas dos limpadores de para-brisa, “incluído a revisão da bateria”.

Os pneus são equipamentos fundamentais para segurança e devem ser utilizados somente em bom estado de conservação. “Eles [os pneus] inclusive o estape são utilizados com a calibragem recomendada pelo fabricante” orienta o técnico, “e para se prevenir dos contratempos nunca se deve viajar sem conferir os parafusos das rodas, chave, macaco e triângulo”.

A suspensão do veículo também necessita de atenção, segundo Laudemir as “buchas das estabilizadoras, amortecedores folgados ou vazando óleo podem desestabilizar o carro nas acelerações, frenagens e curvas”. O técnico também destaca outros itens que merecem atenção como o fluido do reservatório da direção, vazamentos nas mangueiras de radiador e extintor de incêndio, que apesar de não ser obrigatório, é um item de utilidade.

Se a viagem é de moto, as recomendações são parecidas com as dos carros. É o que diz o supervisor de manutenção, Isaías Leite, que recomenda aos motociclistas atenção às recomendações no manual do fabricante “pra saber da vida útil das peças, inclusive o kit de transmissão” orienta. “Pneus, óleo, filtro, luzes, freios” tudo precisa ser devidamente revisado antes pegar a estrada.

Carro e moto verificados, falta a lembrança das regras de circulação como atenção redobrada e velocidade compatível com a segurança. Boa viagem!

Agenda Positiva Julho – Manutenção Preventiva da Moto

OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária/
Movimento Maio Amarelo

Imagem | Divulgação

Imagem | Divulgação

Além da atenção que todo o motociclista deve ter ao conduzir seu veículo, outras posturas e cuidados devem ser observados. E a manutenção preventiva e periódica é um deles, afinal, ela pode evitar acidentes e garantir melhores condições de circulação e de segurança.

A manutenção constante da moto, inclusive, acarreta custo financeiro menor do que a correção de falhas. E, ainda, economiza tempo, já que em determinados casos o conserto, além de mais caro, pode deixar o veículo por mais tempo nas oficinas das concessionárias.

Todo motociclista consciente deve estar alerta para a segurança de alguns itens, lembrados no vídeo, como, por exemplo, os freios, os pneus  e rodas, cuja pressão e estado de conservação devem ser observados uma vez por semana, pelo menos. É importante verificar, também, se há objetos como cacos de vidro presos aos pneus.

A lubrificação e o estado de funcionamento dos comandos e cabos também devem ser vistoriados com frequência, assim como a corrente, que deve ter sua lubrificação inspecionada semanalmente com óleo indicado e não com qualquer óleo.  Estar atento ao óleo e à gasolina também ajuda a preservar a motocicleta, já que quanto mais limpo o óleo, maior será a vida do motor.  É importante que se use o óleo indicado pelo fabricante.

Indispensável ao motociclista consciente é também manter as luzes de seu veículo sempre em perfeitas condições, porque se estiverem com defeito ou quebradas, a moto ficará menos visível até mesmo durante o dia, o que pode ocasionar acidentes de graves proporções.

Este vídeo do Programa Observar, uma parceria entre o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária (ONSV) e a Seguradora Líder/DPVAT, mostra aos motociclistas a importância da manutenção preventiva da moto.

Baixe as peças gratuitamente clicando AQUI.

Polícia Rodoviária Estadual alerta condutores para o carnaval

Cinto de segurança, respeito aos limites de velocidade e o cuidado com as ultrapassagens estão entre as recomendações da PRE.

Foto: Ascom/ PRE

Foto: Ascom/ PRE

Para garantir a segurança no trânsito e consequentemente a preservação da vida, a 2ª Companhia Independente de Polícia Rodoviária realizará operações em todos os postos rodoviários no período de carnaval, viaturas equipadas com etilômetros e radares estarão realizando blitz itinerantes, como por exemplo na cidade de Rio de Contas, onde acontece uma das mais tradicionais festas da Região Sudoeste da Bahia.

A PRE recomenda, antes da viagem, a conferência nos documentos do veículo e do condutor, verificando validade e categoria de habilitação. Ainda segundo o órgão, é fundamental que os pneus estejam em bom estado de conservação e calibrados, inclusive o estepe. Retrovisores, para-brisas, faróis e luzes indicadoras de direção – setas, macaco e chave de rodas também devem ser averiguados antes de pegar a estrada.

Uso do cinto de segurança por todos no carro, inclusive no ônibus, capacetes para os ocupantes das motos, respeito aos limites de velocidade, muito cuidado com as ultrapassagens, além do não uso de bebidas alcoólicas são algumas das recomendações para segurança durante a viagem.

A 2ª Companhia Independente de Polícia Rodoviária estará de prontidão 24 horas por dia, podendo ser acionada através do telefone 77 3421 1603. Fonte: Ascom/ PRE.

Vai viajar no carnaval? Antes faça a manutenção preventiva no veículo

Confira dicas de revisão no carro e na moto antes de pegar a estrada.

Imagem Ilustrativa - Getninjas

Imagem Ilustrativa – Getninjas

No próximo final de semana é carnaval e milhares de condutores vão por o pé na estrada para aproveitarem o período de festas, que costuma deixar as rodovias com movimento intenso e registrar um dos maiores índices de acidentes no ano. A responsabilidade de quem vai viajar começa bem antes de colocar as malas no carro. O Blog Transitar ouviu dois especialistas em mecânica de veículos que dão dicas importantes de manutenção preventiva, o que evita que o condutor fique “na mão” em plena estrada ou mesmo sofra um acidente.

O vistoriador técnico veicular Laudemir Ferreira, com 43 anos de experiência, elenca os itens nos carros que devem passar por uma boa vistoria antes de qualquer viagem:

“Em primeiro lugar é preciso uma verificação no sistema de freios: pastilhas, lonas, freio de emergência e fluido” diz o técnico. Na parte elétrica, observa Ferreira, é necessário conferir faróis, luzes indicadoras de direção, luzes de freio, luzes de emergência e palhetas dos limpadores de para-brisa, “incluído a revisão da bateria”.

Os pneus são equipamentos fundamentais para segurança e devem ser utilizados somente em bom estado de conservação. “Eles [os pneus] inclusive o estape são utilizados com a calibragem recomendada pelo fabricante” orienta o técnico, “e para se prevenir dos contratempos nunca se deve viajar sem conferir os parafusos das rodas, chave, macaco e triângulo”.

A suspensão do veículo também necessita de atenção, segundo Laudemir as “buchas das estabilizadoras, amortecedores folgados ou vazando óleo podem desestabilizar o carro nas acelerações, frenagens e curvas”. O técnico também destaca outros itens que merecem atenção como o fluido do reservatório da direção, vazamentos nas mangueiras de radiador e extintor de incêndio, que apesar de não ser obrigatório, é um item de utilidade.

Se a viagem é de moto, as recomendações são parecidas com as dos carros. É o que diz o supervisor de manutenção, Isaías Leite, que recomenda aos motociclistas atenção às recomendações no manual do fabricante “pra saber da vida útil das peças, inclusive o kit de transmissão” orienta. “Pneus, óleo, filtro, luzes, freios” tudo precisa ser devidamente revisado antes pegar a estrada.

Carro e moto verificados, falta a lembrança das regras de circulação como atenção redobrada e velocidade compatível com a segurança. Boa viagem!

Em tempos de crise, confira dicas de direção econômica

G1 Bahia/ TV Sudoeste

Manutenção preventiva é eficaz para economia (Imagem: Reprodução - TV Sudoeste)

Manutenção preventiva colabora para economia de combustíveis (Imagem – TV Sudoeste)

Mais um reajuste para o consumidor, dessa vez foi o preço do álcool que subiu. Se para abastecer com etanol em vez de gasolina o consumidor fazia um cálculo para saber qual combustível era mais vantajoso, agora não precisa pensar muito.

Quem abasteceu esse ano com álcool já sentiu a diferença no bolço, em Vitória da Conquista o combustível está custando R$ 3, 19. Já o litro de gasolina, R$ 3,84. Pela diferença levando em consideração o consumo por litro, está sendo mais vantajoso abastecer com a gasolina. De acordo com o gerente de pista Elton Campos, o consumidor deve fazer um cálculo.”Você vai pegar o preço do etanol e vai dividir pelo preço da gasolina, se der até 70% compensa abastecer com etanol. Acima disso não é viável” aconselha, observando que com o preço atual o percentual é de 82%.

Uma das opções que ajudam na economia de combustíveis está em seus pés e suas mãos, é a forma como você dirige o seu carro. Muita gente não sabe mais o consumo está muito relacionado ao acelerador e as trocas de marchas. O mecânico Hélio Alves explica que o condutor deve estar atendo ao conta-giros do motor, “é importante que você faça a troca de marchas entre 2000 e 3500 giros” explica. Ainda segundo o técnico quando se passa disso o consumidor tem prejuízos com o combustível e desenvolvimento do veículo.

Trafegar com os pneus calibrados corretamente e fazer manutenção periódica também são cuidados que colaboram com a economia. Confira a matéria:

Conquista: sem freios, van escolar se choca em quatro veículos próximo a colégio

Episódio é alerta para necessidade da manutenção preventiva.

Foto: Douglas Couto/ Blog Transitar

Foto: Douglas Couto/ Blog Transitar

Uma colisão envolveu nada menos que 5 veículos no final da manhã de hoje, segunda-feira (17) em Vitória da Conquista, no cruzamento das Ruas União Operária e Afonso Pena, Bairro Iracema, na lateral do Colégio Padre Gilberto.

Uma van Fiat Ducato, que presta serviço de transporte escolar, seguia pela Afonso Pena quando o condutor ouviu “um estrondo” e percebeu que os freios não respondiam. Segundo o motorista, ele ainda tentou “segurar” com o freio motor, diminuindo através das marchar, mais o carro “não respondia” e acabou se chocando com outros quatro veículos, entre eles outra van escolar.

A van Ducato, apesar do horário de rush dos escolares, não transportava nenhum estudante. Ninguém saiu ferido e agentes do SIMTRANS registraram a ocorrência. O episódio é um alerta para a manutenção preventiva, considerando que o veículo é do ano de 2002, com 13 anos de fabricação.

Colaboração Douglas Couto.

Conquista: roda de caminhão se solta e bloqueia pista da Avenida Luís Eduardo

Um alerta para a manutenção preventiva dos veículos e da própria vistoria anual.

Foto: Henrique Elder/ Blog Transitar

Foto: Henrique Elder/ Blog Transitar

A roda traseira de uma um caminhão Mercedes Bens, que transportava café, se soltou em pleno movimento no início da tarde desta quinta (09) em Vitória da Conquista, deixando uma das pistas da Avenida Luís Eduardo Magalhães bloqueada por mais de duas horas.

Segundo as testemunhas o caminhão acabava de entrar na LEM e estava em baixa velocidade quando o eixo se partiu, o que impossibilitou a movimentação do veículo que ficou “atravessado” na pista. A Polícia Militar fez o bloqueio e agentes de trânsito assumiram a ocorrência até que o transbordo da carga fosse feito e o caminhão removido.

Foto: Luís Couto/ Blog Transitar

Foto: Luís Couto/ Blog Transitar

Nos episódios onde rodas se soltam quando há alta velocidade, as consequências geralmente são violentíssimas. Fatos como o de hoje em Conquista são um alerta para a manutenção preventiva dos veículos e da própria vistoria anual que, (descontadas as polêmicas) feita com requisitos técnicos, previne esse e outros tipos de problemas mecânicos.

Roda se solta e van tumultua trânsito, no centro

Um alerta para a manutenção preventiva.

Com roda saindo, van inclina-se ao chão (Foto: Diego Dantas/ Blog Transitar)

Com roda saindo, van inclina-se ao chão (Foto: Diego Dantas/ Blog Transitar)

Na manhã de ontem, quarta (08) na movimentada Av. Crescêncio Silveira em Vitória da conquista, uma das rodas de uma van se soltou em movimento. O veículo ficou inclinado para um dos lados, impossibilitado de seguir e mesmo de ser removido “via empurrão” por populares. A senhora condutora que não se feriu providenciou a retirada, enquanto isso o fluxo intenso foi auxiliado por agentes de trânsito que sinalizaram o local.

Situações deste tipo chamam atenção para a necessidade da manutenção preventiva dos veículos, principalmente aqueles já com um certo tempo de uso. Sim, o Brasil é o país dos impostos abusivos, e a obrigatoriedade da vistoria anual para os veículos com mais de 10 anos, foi muito mal aceita pelo cidadão, já cansado de pagar tanto. Mas deixando essa polêmica de lado (caso seja possível!), queríamos considerar o fator segurança. São acidentes como este que a vistoria obrigatória deve diminuir.

Na troca dos pneus, o condutor deve ficar atento para os parafusos da roda ficarem devidamente apertados. Afinal, ver o pneu passando por você, não deve ser lá algo muito agradável.

Colaboração de Gênesis Carlos.

manual fiscalizacao transito



ultimas noticias
setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
WebtivaHOSTING | webtiva.com . Webdesign da Bahia