WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ultimas noticias
ultimas noticias

link conquista

:: ‘Observatório Nacional de Segurança Viária’

Cinco regras para evitar acidentes. Confira!

Observatório Nacional de Segurança Viária

É frequente nos depararmos com algum acidente de trânsito. As estatísticas são alarmantes: em 2014, foram mais de 40.294 mortes no trânsito. Os dados são ainda preliminares, mas apontam uma queda de 5% em relação ao ano anterior.

São informações assustadoras, e o mais grave é saber que 90% de todos esses acidentes foram causados pela negligência, pela imperícia e pela imprudência dos próprios seres humanos. Ou seja, poderiam ser evitados.

Frente às estatísticas parece difícil mudar esse cenário, mas não é. Basta que cada um assuma ser o responsável pela sua própria segurança no trânsito e pela de todos, adotando como “mandamento” sempre escolhas seguras.

Vamos a algumas orientações para todos colocarem em prática para reduzir os riscos de acidentes. São cinco regras de proteção à vida.

ONSV

Trafegar dentro do limite garantirá a você maior tempo de reação no caso de alguma situação inesperada. Além disso, em caso de um acidente as consequências serão muito menores. Mantenha também uma distância de pelo menos 3 segundos do veículo à sua frente. Para calcular isso, observe o momento em que o veículo passa por algum objeto fixo na pista e conte em quanto tempo você alcançou o mesmo objeto. Se esse tempo for menor que 3 segundos, desacelere e tome uma distância maior.

ONSV 5

Uma das principais causas de acidente nos últimos tempos é a distração ao volante. Estudos apontam que a falta de concentração gerada por atividades como comer, falar ao celular, enviar mensagens, ou observar lugares externos causa 10 vezes mais acidentes do que o álcool, e esse número tende a crescer. Não se engane: o ser humano não consegue se concentrar em mais de uma atividade ao mesmo tempo. Portanto, afaste todas as distrações enquanto estiver dirigindo, não procure objetos na bolsa ou no veículo e mantenha seu foco na via.

ONSV 4

Cansaço ou sono e direção são coisas que não combinam. Dirigir cansado ou sob efeito de medicamentos pode ser tão perigoso quanto dirigir embriagado. Portanto, faça paradas a cada duas horas ao volante e tome uma xícara de café ou um copo de água fresca. Se estiver com muito sono, considere pedir para um conhecido conduzir ou, simplesmente, não dirigir.

ONSV 3

Mesmo em pequenas quantidades, a bebida compromete sua capacidade de reação, que é essencial para esquivar-se de uma situação inesperada. Beber café, tomar banho frio, alimentar-se ou fazer exercícios não reduzem os efeitos da bebida; então se beber, pegue carona com um motorista totalmente sóbrio, utilize o transporte público ou não dirija.

ONSV 2

Um trânsito mais pacífico não depende somente de grandes ações, mas de pequenas atitudes. Alguns hábitos que manterão você e as pessoas ao redor ainda mais seguras podem e devem ser praticados no dia a dia. Portanto:

  • Sempre sinalize suas intenções na via com setas, sinais de braço, piscadas nos faróis ou breves toques na buzina.

  • Sempre faça a manutenção preventiva em seu veículo e mantenha as revisões sempre em dia, de acordo com os prazos do fabricante. Nós não queremos que o carro pare de funcionar de repente em uma rodovia de alta velocidade, certo?

  • Certifique-se de que todos os passageiros do veículo estejam usando o cinto de segurança. Em caso de um acidente as consequências poderão ser amenizadas.

Programa Observar – Manutenção Preventiva

Todo veículo está sujeito a desgastes e falhas com o passar do tempo.

90% dos acidentes são causados por falhas humanas

OBSERVATÓRIO destaca três principais motivações: os Fatores Humano, Veículo e Via.

Imagem Ilustrativa - Reprodução

Imagem Ilustrativa – Reprodução

De acordo com o ONSV (OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária), 90% dos acidentes ocorrem por falhas humanas – que podem envolver desde a desatenção dos condutores até o desrespeito à legislação. Os exemplos são claros: excesso de velocidade, uso do celular, falta de equipamentos de segurança como o cinto de segurança ou capacete, o uso de bebidas antes de dirigir ou até mesmo dirigir cansado. “Agir de forma preventiva e responsável, não tomando atitudes arriscadas como as citadas, é decisivo para reduzir acidentes”, alerta a ONG.

Para a entidade, apenas 5% dos acidentes têm motivação em falhas no veículo. E como as manutenções preventiva e corretiva são responsabilidades do condutor, até mesmos as falhas no veículo estão vinculadas ao fator humano.

Em 5% das ocorrências de acidentes, as causas estão associadas ao “Fator Via”. Neste caso, são problemas que envolvem estradas mal sinalizadas, mal projetadas ou mal conservadas. “As condições de onde se trafega podem induzir a acidentes como por exemplo a falta de passarelas que pode levar a atropelamentos, vias esburacadas e sem acostamentos induzir a acidentes”.

Vale destacar que os acidentes não ocorrem por acaso, por mais que a palavra queira traduzir esse sentido e os condutores queiram, muitas vezes, se eximirem da responsabilidade. “Mortes por acidentes são consideradas pela Organização Mundial de Saúde como mortes evitáveis”, lembra o OBSERVATÓRIO. Fonte: ONSV.

Acompanhe pela Internet, Seminário Urbanidade!‏

Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

Atenção, Internauta! O Seminário Urbanidade, por uma mobilidade segura, que será realizado no dia 3/11, em Brasília, pode ser acompanhado por interessados em todo o Brasil e no mundo. Para assistir ao evento, acesse este LINK. Todos os painéis terão transmissão ao vivo.

O evento tem a proposta de discutir soluções e ações para os cinco eixos que contornam o tema Trânsito e que são definidores para a redução dos acidentes e mortes nas vias e rodovias pela ONU. Cada um desses eixos, terá um painel de debates com especialistas e autoridades das áreas de Fiscalização, Infraestrtuura, Segurança Veicular, Saúde e Educação.

O Seminário Urbanidade está sendo organizado pelo ONSV (OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária) e o Grupo Diário Associados, em parceria com a FPTS (Frente Parlamentar por um Trânsito mais Seguro) e a Seguradora Líder DPVAT.

O evento deve destacar a situação atual do país, as boas práticas que sendo realizadas, e como podemos avançar em cada um dos eixos, para reduzir a violência nas vias.

Participe! Envie sua pergunta pelo telefone:

O público também poderá participar ao final de cada painel enviando questões, via whatsapp pelo número (19) 99931-5181, que será disponibilizado durante o evento. Com essa estratégia, pessoas de todo o país poderão debater os temas.

O Seminário acontece a partir das 09h e deve se estender até às 17h, no  Auditório do Diários Associados, em Brasília.

Abertas inscrições para o Seminário “Urbanidade”, em Brasília

Evento discutirá cenário atual e iniciativas para uma mobilidade mais segura, no dia 3/11, terça. Vagas são limitadas.

Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

Interessados em discutir a situação atual, os desafios, além de boas práticas para salvar vidas no trânsito, com enfoque nos cinco pilares preconizados pela ONU (Organização das Nações Unidas) para a ampliação da segurança viária: Infraestrutura, Saúde, Educação, Segurança Viária e Fiscalização, não podem deixar de participar do SEMINÁRIO URBANIDADE, POR UMA MOBILIDADE SEGURA, no próximo dia 3 de novembro, em Brasília.

Para participar, o público deve se apressar, pois as inscrições são limitadas a 100 participantes. A participação é gratuita e as inscrições podem ser feitas clicando AQUI.

O seminário Urbanidade reunirá representantes dos poderes executivo e legislativo, da sociedade civil e do setor privado, para apontar alternativas para as principais questões do trânsito em cada área.

O evento é uma realização do ONSV (OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária) e Jornal Correio Brasiliense, com apoio da (FPTS) Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro, da  Seguradora Líder/DPVAT e da Fundação Assis Chateaubriand.

O Seminário será realizado no Auditório do Correio Braziliense, em Brasília, na SIG – Quadra 2, Lote 340, a partir das 09h e tem previsão de término às 17h30.

Mais informações com a Assessoria de Imprensa do OBSERVATÓRIO pelo telefone (19) 3801-4500, com Daniela Gurgel.

Confira a programação e os debatedores do evento:

:: LEIA MAIS »

Vídeos destacam responsabilidades no transporte de passageiros

Condutores e passageiros podem tornar os deslocamentos mais seguros.

Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

O tema da Agenda Positiva para outubro é “Transporte Seguro de Passageiros” e para melhorar a segurança de todos, o ONSV – OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, disponibiliza dois vídeos que abordam a temática e trazem recomendações para condutores (profissionais o não) e passageiros.

No primeiro vídeo, o destaque é sobre a responsabilidade que todo condutor deve ter com os passageiros que transporta. O material traz orientações importantes de como o motorista deve agir com crianças, idosos, pessoas com deficiência e gestantes.

O OBSERVATÓRIO ressalta a questão da acomodação desses passageiros especiais, principalmente no transporte coletivo, a atenção aos equipamentos de segurança como cinto e cadeirinha e a necessidade do condutor estar atento e colaborar para que os assentos preferenciais sejam respeitados por todos.

:: LEIA MAIS »

No mês de outubro, Agenda Positiva trabalha conscientização sobre transporte de passageiros

Movimento Maio Amarelo/
Observatório Nacional de Segurança Viária

Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

Todo novo mês traz um novo desafio para o Movimento Maio Amarelo. E em outubro, o nosso desafio é conscientizar sobre o transporte seguro de passageiros, levando reflexões e orientações para os mais diversos públicos da nossa rede de apoiadores nesta mobilização permanente para tornar o trânsito um espaço de promoção da vida, de segurança e de solidariedade.

Todos, nós, podemos em algum momento estar na condição de passageiros e isso exige atenção e compromisso com atitudes e comportamentos seguros. Mas essa é uma tarefa que deve ser compartilhada, tanto pelos próprios passageiros, quanto por aqueles que estão na direção dos veículos.

Os condutores não podem, sob qualquer alegação, ser negligentes com os passageiros que transportam. Cabe, sempre, ao motorista atenção especial a todos, mas um olhar ainda mais atento a três segmentos: crianças, idosos e pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida (grávidas, obesos etc). É preciso cuidar da acomodação desses segmentos e verificar se usam os equipamentos como cinto de segurança e assentos especiais como a cadeirinha.

Para os motoristas profissionais (aqueles que atuam no transporte público, fretamentos ou transporte de escolares), as responsabilidades ainda são maiores, pois devem zelar pelo respeito aos assentos preferenciais e cuidar para que esses passageiros especiais entrem e saiam dos veículos com  total segurança. É preciso transportar se colocando no lugar do outro e respeitando suas necessidades. Da mesma forma, devem agir motociclistas, que carregam garupas. O motociclista durante o transporte de passageiros é o responsável por verificar o cumprimento do uso dos equipamentos de segurança como o capacete e até a posição mais segura na moto do transportado.

Mas se houver falhas do condutor nesta relação, o próprio passageiro não deve abrir mão de promover o seu autocuidado, colocando o cinto, evitando conversas com o motorista durante o percurso e mantendo crianças tranquilas no trajeto, para evitar distrações que podem levar a acidentes.

A troca de gentileza entre esses atores também pode ser decisiva para um deslocamento seguro e agradável para todos.

A partir de agora, acesse todas as peças da Agenda Positiva, ouça nossos boletins e assista ao vídeo que tratam da temática transporte de passageiros. Motorista, tenha total “atenção pela vida”. O Maio Amarelo quer estimulá-lo à conscientização de todos por um trânsito mais seguro.

Pedestres e passageiros podem fazer a sua parte para um trânsito mais seguro

Se você está transitando, independente da sua condição, não use o celular.

Imagem: Ilustrativa

Imagem: Ilustrativa

Quem anda a pé ou é passageiro, seja do automóvel ou do transporte coletivo, também pode contribuir para mudar a realidade de tantos acidentes. Para Daniela Gurgel, assessora de comunicação do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, todos somos responsáveis pela segurança nas ruas estejamos de carros, motos, bicicletas ou andando a pé. “O pedestre deve principalmente manter sua atenção a cada caminhada”. Segundo Gurgel, durante a mais recente edição do Boletim de Segurança no Trânsito na Rádio SulAmérica Trânsito, a distração pelo celular é causa de muitos acidentes não apenas pelos motoristas e motociclistas, mas também dos pedestres. “Se você está transitando, independente da sua condição, não use o celular.”

Já os passageiros “fundamentalmente utilizando o cinto de segurança em qualquer deslocamento no banco da frente ou no banco de trás” orienta. O passageiro sem a proteção do cinto, pode matar qualquer ocupante do carro. “O grande recado é: não se arrisque no trânsito, não espere acontecer uma fatalidade, o arrependimento realmente vai ser pior.”

Percepção de Risco: seja preventivo no trânsito!

Programa Observar
OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária

Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

No trânsito, todos devemos estar prontos para enfrentar imprevistos, o que faz desse espaço um espaço perigoso, sobretudo, quando falta concentração e atenção dos motoristas ou dos demais segmentos. Muitas vezes, é preciso reagir com rapidez para evitar acidentes e se a sua atenção está em outra tarefa, isso fica totalmente comprometido.

Mas as situações de risco podem ser minimizadas e todos podem estar prontos para reagir com rapidez ao inesperado, desde que estejam compenetrados apenas no ato de dirigir. “Quanto mais cedo e rápida for a sua reação, menor pode ser o impacto das ocorrências”.

O uso de celulares, de viva voz, envio de mensagens de texto, música alta e até desviar o olhar para um outdoor ou outras pequenas distrações como comer ou marquiar-se, ajustar o GPS e mexer no som do carro, ampliam as ocorrências e suas consequências também.

Enquanto sua atenção vai para uma dessas tarefas, o ato de dirigir fica totalmente prejudicado e você estará dirigindo às cegas, basta lembrar que enquanto sua atenção está num desses comportamentos, o carro continua em movimento. Agora imagine se durante o momento que você adotar uma dessas atitudes de risco, alguém cruzar à frente de seu carro? Evite todos esses comportamentos!

Isso vale tanto para todos os condutores, quanto para os pedestres,  já que ao sair por aí distraído, você coloca a sua vida em risco.

Neste vídeo, o ONSV (OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária) trata essa questão e garante dicas para você manter-se vigilante ao volante para ficar vivo e deslocar-se com toda segurança no trânsito.

Assista ao vídeo Percepção de Risco e seja preventivo no trânsito!

O desafio da mudança é tema da Semana Nacional de Trânsito-2015

Observatório Nacional de Segurança Viária

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Quando o problema é muito grande, temos a tendência a imaginar que a solução é das mais difíceis também. Pois é, países como Austrália e Espanha nos mostram em sua história que, com força de vontade, dedicação e engajamento, trazemos a solução para perto e o problema deixa de ter o tamanho quase imensurável. Diminuir a atual violência no trânsito no Brasil é um dos principais desafios dos quais, governantes, sociedade organizada e iniciativa privada se debruçam sem colher bons frutos.

A Semana Nacional de Trânsito de 2015 traz um convite para toda sociedade para que “SEJA VOCÊ A MUDANÇA NO TRÂNSITO”. Mas, como ser a mudança? O que fazer para colaborar para um trânsito mais seguro, ético, humano e cidadão?

O vídeo educativo do Programa Observar de setembro traz exatamente esse incentivo: ser mais paciente, respeitar as leis, sair de casa acompanhado sempre do respeito e da generosidade, enfim, tratar o outro, que vai de carro, moto, a pé ou de bicicleta como eu gostaria de ser tratado. O vídeo demonstra que o trânsito pode trazer vários inconvenientes, mas você pode tratar todos eles com paciência e bom humor.

manual fiscalizacao transito

alto escola transito rapido

twitter
facebook

ultimas noticias
abril 2017
D S T Q Q S S
« mar    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
WebtivaHOSTING | webtiva.com . Webdesign da Bahia