WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ultimas noticias
ultimas noticias

link conquista

:: ‘Segurança’

Cresce número de pessoas que utiliza bicicleta para deslocamentos diários

Economia e qualidade de vida estão entre os anseios de quem opta pelo veículo.

Waldeir trocou o carro pela bicicleta há 5 anos e emagreceu 40 quilos

Waldeir trocou o carro pela bicicleta há 5 anos e emagreceu 40 quilos

Escolher a bicicleta como meio de transporte diário não é mais uma novidade. De acordo com levantamento do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (IPPUC), o número de ciclistas que utiliza diariamente uma das duas vias calmas da cidade dobrou em três anos, passando de 528 para 1.226. Somente de 2015 para 2016.

Para o especialista em mobilidade sustentável e diretor da Green Mobility, Lincoln Paiva, o aumento do número de ciclistas nas cidades está diretamente relacionado à infraestrutura oferecida, o que inclui a implantação de vias compartilhadas e a promoção da segurança viária de maneira geral. “Primeiro é preciso fazer ciclovias; quando as pessoas se sentem mais seguras, elas começam a pedalar”, afirma. Com o intuito de mapear a estrutura cicloviária do país, o Mobilize Brasil concluiu que São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília são, hoje, as capitais com maior extensão de vias adequadas ao trânsito de bicicletas.

Motivado pelo desejo de emagrecer e incentivado pelas melhorias promovidas para os ciclistas em Curitiba(que ocupa a quinta colocação no ranking apresentado pelo Mobilize), Waldeir Santos decidiu, há cinco anos, desentocar a velha bicicleta. Desde então, é ela que substitui o carro nos deslocamentos diários e protagoniza, até mesmo, pequenas viagens. “Imediatamente veio a sensação de liberdade. Comecei a interagir com o meio onde vivia, cumprimentar as pessoas, ouvir os pássaros e conhecer os tipos de árvores”, comenta.

:: LEIA MAIS »

Atenção com a segurança

É essencial que para os pontos principais dos veículos como pneus, suspensão e freios a manutenção seja mantida em dia.

Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

Diante da crise que assola o país, em que o dinheiro ficou mais curto e difícil de ganhar, temos constatado nas vias públicas que esse quadro está repercutindo na segurança viária, e pode colocar a vida das pessoas em risco.

Compreendemos a situação, mas para que a situação que está difícil não venha a se complicar em razão de um acidente de trânsito é essencial que para os pontos principais dos veículos como pneus, suspensão e freios a manutenção seja mantida em dia.

É cada dia mais comum encontrar nas rodovias, veículos com o funcionamento da suspensão prejudicado; em que os amortecedores não mais têm a capacidade de manter a estabilidade necessária e ao passar em ondulações, desníveis nas pistas, o veículo balança perigosamente e pode levar à perda do controle e até mesmo capotar.

Ruídos provenientes do sistema de freios também devem ser checados para evitar que, no momento em que o condutor precisar parar o veículo, ele venha a falhar.

Em relação aos pneus, ao atingir o indicador de desgaste, a aderência proporcionada não é a ideal, fato esse que se reflete nas distâncias de frenagem e também no risco de aquaplanagem em condições de chuva. Hoje o mercado possui pneus de linhas mais baratas e até mesmo os chamados remoldados/ressolados para suprir necessidades de orçamentos mais curtos, mas vale destacar que, para motocicletas o uso desse tipo de pneu é proibido.

É certo que o veículo automotor tem inúmeras funções para muitas famílias, por vezes é uma ferramenta de trabalho para o sustento nesses tempos bicudos, mas é importante que o funcionamento dos itens essenciais e de segurança seja sempre o melhor possível.

Respeite as regras, dirija com segurança, evite acidentes, essas também são formas de economizar e principalmente, preservar a vida.

O artigo de Renato Campestrini foi publicado originalmente pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária.

Viaje com segurança no São João

Confira dicas importantes para uma viagem segura.

Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

Maior festa popular do Nordeste, o São João é festejado por toda a Região. Milhares de pessoas pegam a estrada no período e tantos veículos nas rodovias sempre exige cuidado redobrado dos condutores. Confira dicas importantes para uma viagem segura:

  1. Certifique-se que todos os ocupantes do veículo estejam com o cinto de segurança;

  2. Ultrapasse somente pela esquerda e apenas em trechos permitidos, com a certeza do sucesso da manobra;

  3. Lembre-se que os faróis ligados são obrigatórios em rodovias, durante o dia e à noite;

  4. Faça uma revisão atenta no veículo antes de viajar. Verifique principalmente pneus (inclusive o estepe), palhetas dos limpadores de para-brisa e itens de iluminação e sinalização;

  5. Planeje a viagem, lembre-se de programar paradas em locais adequados para alimentação, abastecimento e descanso;

  6. Mantenha a atenção na rodovia;

  7. Respeite a sinalização e os limites de velocidade, eles existem para proteger a sua vida;

  8. Não ligue o pisca alerta com o veículo em movimento. Isso pode confundir os outros motoristas e causar um acidente;

  9. Em caso de chuva, aumente a distância do veículo à frente e diminua a velocidade.

Fonte: Polícia Rodoviária Federal.

Carro fica com a frente destruída após acidente no Morada dos Pássaros; condutor saiu ileso

Por sorte o homem utilizava o cinto de segurança e saiu ileso do incidente. Ele contou que teve a visão ofuscada pelo sol.

Fotos: A Fernandes

Fotos: A Fernandes

Todos sabem dos diversos problemas de mobilidade em Vitória da Conquista, sejam os congestionamentos e conflitos no Centro ou a sinalização horizontal (faixas) apagada. No entanto um detalhe salta aos olhos, mas mesmo assim continua sem ser percebido por muitas pessoas: a falta de costume em prestar atenção (e obedecer) os sinais de trânsito.

A placa PARE disciplina a passagem por cruzamentos.

A placa PARE disciplina a passagem por cruzamentos.

Durante esta tarde de segunda-feira (19), agentes de trânsito do Simtrans registraram mais uma ocorrência causada pela falta de atenção com a sinalização, outro episódio ocorrido no Bairro Morada dos Pássaros, na Zona Sul da cidade.

Segundo condutor, o sol teria lhe ofuscado a visão.

Segundo condutor, o sol teria lhe ofuscado a visão.

Após avançar a placa “PARE”, o condutor de um Fiesta, que não teve a identidade divulgada, se colidiu com violência contra um ônibus, deixando a frente do carro destruída. Por sorte o homem utilizava o cinto de segurança e saiu ileso do incidente. Ele contou que teve a visão ofuscada pelo sol.

Detran traz história real para falar com jovens neste Dia dos Namorados

Campanha aborda grandes datas comemorativas, como Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal. A primeira peça foi lançada em maio, para o Dia das Mães.

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) lança um novo vídeo da série “Dias Inesquecíveis”, parte de campanha publicitária que fala sobre amor, presentes e momentos especiais. Mas, neste ano, o Departamento chama a atenção dos casais para o cuidado com a vida, e traz a história real de Amanda Kothwitz, de 21 anos, moradora de Prudentópolis.

“Meu namoro com o Will foi a melhor fase da minha vida, nos apaixonamos, fomos morar juntos e eu engravidei. No dia 18 de maio de 2015, aniversário dele, estávamos muito felizes porque estávamos na nossa casa, com nosso filho. O Arthur estava com quatro dias e essa era a nossa nova vida”, conta Amanda.

“Naquele dia ele saiu para trabalhar em um evento, em outra cidade. Era madrugada e, no caminho, um motorista de ônibus, que estava em alta velocidade, não conseguiu fazer uma curva. O ônibus invadiu a pista contrária e bateu de frente com o carro do Will”, lembra.

Willington Luís de Oliveira Brum da Fonseca tinha 26 anos no dia do acidente e a história escolhida pelo Detran revela uma parte do sofrimento de milhares de famílias brasileiras. Dados do Seguro DPVAT mostram que o trânsito já é a segunda principal causa de mortes de jovens no Brasil e 28% das indenizações pagas por morte, invalidez permanente ou despesas médicas no país são para pessoas com entre 25 e 34 anos.

CAMPANHA – O novo vídeo do Detran, produzido com a Secretaria de Estado da Comunicação Social, faz parte de uma campanha extensa que deve abordar grandes datas comemorativas, como Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal. A primeira peça foi lançada em maio, para o Dia das Mães.

“A ideia é usar estas datas para lembrar que não existe presente maior que o cuidado com a vida. Dirigir com responsabilidade e segurança é pensar em quem amamos e saber, ainda, que o motorista do carro ao lado também tem uma família. Nossas ações no trânsito nunca são individuais, os impactos são sempre coletivos”, explica o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

Desde 2011, o Departamento investe em campanhas de grande impacto e em ações de longa duração. “Só no ano passado registramos cerca de 28 mil vítimas de acidentes no Estado. O Governo do Paraná acredita e investe em educação para o trânsito e os resultados têm sido positivos”, acrescenta ele. Assista o vídeo:

Fonte: Assessoria de Comunicação.

Cinco dicas de segurança para viagens com crianças

Confira medidas de segurança que devem ser adotadas por pais e responsáveis durante passeios de carro.

Foto: Clappstar via VisualHunt.com / CC BY-NC

Foto: Clappstar via VisualHunt.com / CC BY-NC

Viajar com crianças no carro requer atenção redobrada. Existem uma série de cuidados especiais que precisam ser tomados em viagens com os pequenos. A Alô Bebe, que trabalha com produtos destinados ao público infantil, reuniu algumas medidas de segurança que devem ser adotadas por pais e responsáveis durante passeios de carro. Confira:

1. Criança só no banco de trás. Exceto em alguns, como nos veículos que possuem apenas bancos na frente como picapes de cabine simples. Os pequenos com menos de 10 anos devem ser transportadas no banco de trás, segundo a legislação nacional de trânsito.

2. Use cadeirinha ou booster. A cadeirinha, ou bebê-conforto, deve ser usada desde os primeiros dias de vida do recém-nascido. Já os boosters são para crianças maiores, de 4 até 10 anos (caso necessário, pela altura da criança), e ajudam a mantê-las na altura adequada para usar o cinto de segurança do carro.

3. Instalação da cadeirinha. Tenha atenção ao instalar a cadeirinha. Um acessório mal instalado é um fator que aumenta o risco de lesões graves em caso de possíveis acidentes. É importante sempre checar se o cinto está passado nos locais corretos do equipamento.

4. Não alimente no carro. Até os três anos de idade deve-se evitar dar comida à criança dentro do veículo, pois o movimento pode fazê-la engasgar e causar enjoos. O recomendado é alimentar o bebê antes de sair de casa.

5. Faça paradas estratégicas. Não viaje mais de duas ou três horas seguidas. Longas viagens cansam e  incomodam tanto os adultos quanto os bebês. Algumas paradas para relaxar são necessárias para tornar o passeio mais prazeroso, seguro e tranquilo. Fonte: Garagem 360.

7 Passos para andar melhor na rua

É importante parar um pouco e refletir se estamos fazendo aquilo que achamos tão básico da melhor forma possível.

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Quanto tempo faz que você não pensa no seu andar? Ou na sua capacidade de falar “mamãe”? Anos, décadas, não é? Ações básicas, como andar ou falar, se tornam mecânicas após o processo de aprendizagem. Natural – ou você está pensando na sua respiração nesse momento?

Ao mesmo tempo em que essa “automação” das atividades é crucial para que consigamos fazer mais, é importante parar um pouco e refletir se estamos fazendo aquilo que achamos tão básico da melhor forma possível. Essa reflexão pode valer muito para uma ação simples como andar na rua. Além de útil, é necessária também. Quer uma prova? Tente lembrar então da última vez que você andou na rua (de uma cidade grande) e não se irritou em algum momento.

Se você nunca se irritou, pode parar aqui, escrever um livro e compartilhar seu segredo com o mundo. Eu me irrito, então procurei me atentar a erros que eu cometo, ou pensar em ideias que beneficiariam a todos nós que andamos na rua. Importante: essa não é uma lista de dicas de segurança. São muitas, de fácil acesso, e prefiro evitar redundância. Nada de “olhe para o lado antes de atravessar a rua!” também.

1. CALÇADA OU ASFALTO?

:: LEIA MAIS »

Campanha faz alerta a pessoas que sempre justificam seus erros no trânsito

Ação incentiva atenção nas ruas.

Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

A campanha #DirijaSemDesculpas é um alerta para as pessoas que sempre justificam seus erros ao volante ao provocar um acidente e um incentivo para que tenham atenção no trânsito.

Idealizada por um hospital ortopédico, a ação está presente nas redes sociais e promove eventos de conscientização para a prevenção dos acidentes viários.

O evento de lançamento reuniu o corpo clínico do Hospital Quinta D’Or (HQD), no Rio de Janeiro, e contou com a presença do Diretor do HQD, Dr. Odilon Neto. Na ocasião, Dr. Paulo Barbosa, diretor do COI e coordenador de Equipe de Trauma do HQD, apresentou dados sobre acidentes de trânsito no Rio de Janeiro, no Brasil e no mundo.

De acordo com Dr. Paulo Barbosa, médicos podem fazer muito mais do que tratar. “Nós, médico, temos a confiança dos pacientes e eles nos escutam. Precisamos nos ater a esta credibilidade e propagar cada vez mais a mensagem que precisamos firmar: atenção ao volante”, avaliou o idealizador da campanha.

“Toda ação de conscientização é bem-vinda. O movimento Maio Amarelo e a campanha Dirija Sem Desculpas são ações bastante oportunas para o momento que o mundo vive. Automóveis são meios de transporte, não de morte”, ressaltou Dr. Odilon.

Assista o vídeo da campanha:

Saiba mais da campanha clicando AQUI. As informações são da Assessoria de Comunicação.

Comissão discute instalação em veículos de dispositivo de alerta de sono

Entre 26% e 32% dos acidentes de trânsito são provocados por motoristas que dormem na direção, apontam estatísticas.

Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

A Comissão de Viação e Transportes realiza audiência pública na quinta-feira (18) sobre o Projeto de Lei 4969/16, que prevê a instalação, em veículos de carga e de transporte de passageiros com mais de dez lugares, de dispositivo de alerta de sono do condutor.

O requerimento para o debate é do deputado Hugo Leal (PSB-RJ). Segundo ele, pesquisas demonstram que o sono está entre as principais causas de acidentes de trânsito.

“Estatísticas mundiais mostram que entre 26% e 32% dos acidentes de trânsito são provocados por motoristas que dormem na direção. Nesse contexto, o tema merece atenção especial desta comissão, sendo necessário ouvir especialistas de órgãos e entidades de trânsito, de forma que seja possível avaliar o impacto e a eficácia da exigência desse equipamento nos novos veículo”, afirma.

Convidados

São convidados para a audiência o diretor do Departamento Nacional de Trânsito, Elmer Coelho Vicenzi; o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores; Antonio Carlos Botelho Megale; o diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal, Renato Borges Dias; o diretor-técnico do Centro de Estudo Multidisciplinar em Sonolência e Acidentes da Universidade Federal de São Paulo, Marco Túlio de Mello; e o presidente da Associação Brasileira do Sono, Luciano Ribeiro Pinto Jr. As informações são da Agência Câmara Notícias.

As diferenças de um capacete profissional para um capacete amador

Atenção ciclistas! Uma dúvida muito comum na modalidade: capacetes.

Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

Uma dúvida bem frequente que os ciclistas possuem é sobre quais equipamentos adquirir para obter a melhor performance nos treinos e competições. Um destes itens é o capacete.

O que diferencia um capacete de nível profissional de um equipamento simples, comum, e principalmente “baratinho”?

Atletas profissionais e amadores que se dedicam à competições, quando atingem um alto nível de performance necessitam buscar pontos para melhorar seus desempenho em fatores além dos treinamentos.

Um destes itens é o capacete! Equipamentos profissionais oferecem características não encontradas naqueles mais simples, como por exemplo alta resistência com baixo peso, fixação precisa na cabeça, aerodinâmica e materiais de alto nível.

:: LEIA MAIS »

manual fiscalizacao transito



ultimas noticias
agosto 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
WebtivaHOSTING | webtiva.com . Webdesign da Bahia